quarta-feira, 16 de abril de 2008

Escrava Isaura - Mode On

Eu achei que ia ser uma dia normal. Que seria mais um dia em que eu vegetaria em casa.
Daí logo de manhã, recebo a notícia:

*Ding Dong - Eu abro a porta*
- Ai, ai, ai! Quebrei a mão!!
- Hãm?
- É, eu tava andando e puft, caí. E minha mão tá inchando. Eu vou morrer.
- Mãe, deixa de teatro. Vai no médico.
- Mas e o almooooço? (jogada de verde)
- Tá... Eu faço...
- Oh, eu já disse que te amo, meu amorzinho?
- Tá... tá... Que tem que fazer?
- Fazer um feijão verde daqueles cheio de coisa sabe? E gnoc (nhoc, nhoque, tanto faz) também. E, ah sim, ir nos Correios enviar uma carta pra mim.
- Quer que eu emboce a parede também?
- Não, acho que não tá precisando. Você acha que está?
- Er... Vou lá nos Correios...

Daí que eu fui lá e bem, me senti em meados do século XX. Um amor.
Eu cheguei e disse:

- Quero mandar essa carta, só que registrada.
- Ok.
...
- Tá, o que eu faço agora?
- Fecha o envelope e me entrega. Depois é só pagar.
- Ah, é só isso? Deixa comigo!

Tinham até uns móveis antigos. Nossa, túnel do tempo.
(Esse foi o momento bom do dia.)

Ok, cheguei em casa e lá fui eu pra cozinha.
Definitivamente, é o lugar da casa que menos combina comigo, embora eu tenha uma facilidade impressionante em cozinhar.
Eu chego pra minha mãe e digo:

- E agora, o que eu tenho que fazer?
- O que você quer fazer?
- Ah, o que precisar aí...

(Meu amores, conselho da tia: nunca dêem tal poder para suas mães. NUNCA, ok?
Juro que vi os olhinhos dela brilharem de emoção e um leve sorriso de êxtase completo surgir em seu rosto. Tremi de medo ao perceber o erro colossal que havia cometido.)

- Começa tirando esses pelinhos do maxixe (não sabe o que é maxixe, colegá? Joga no Google.)
- Tá, tudo bem.

(Olho para a pia e vejo 482748912748912 de maxixes)

- Ahn, de todos esses?
- Lógico! Ah, filha, só tem 25...

Isso foi o que ela disse, mas o que eu ouvi foi:
- CALE A BOCA, PARE DE RECLAMAR E FAÇA TUDO O QUE EU LHE ORDENO! AGORA SUA ALMA É MINHA! MUAHAHA! (com a voz do diabo)

*muito tempo depois*

- Cabei.
- Nossa, como você é lerda. Agora corta esse pimentão, a cebola e o tomate.
- Caramba!
- Poxa, tenha pena da sua mãe morimbunda e sem mão.
- Tá bom, mãe! Eu faço isso tudo que você ordenou maleficamente pediu.
- Óun, fofinha!

*mais um tempão depois*

- Enfim acabei.
- Tá malz pra ser dona de casa. Olha só, tudo mal cortado...
- Mãe! Eu fiz o melhor que pude. Tentei fazer que nem os chefes de grandes restaurantes, cortando rapidinho, mas tem que ter anos de prática. A única coisa que consegui cortar muito bem foi meu dedo. Tem dó de mim. Dedinho cortado...
- Esse corte minúsculo? E eu que quebrei a mão e...
- Tá, mãe... A detendora de desgraças aqui em casa hoje é você. Você venceu.

Durante as árduas tarefas eu imaginei minha casa, minha família, quando eu já for crescidinha, sabe? Ai, que frio na espinha...
E o pior, hoje recebo a seguinte mensagem da Babs: "Sonhei que você tinha um filho de quatro anos!".
Que isto tudo não seja um sinal, meu Deus.

Agora vocês me dêem licença porque estou indo me depilar... Vou cuidar de mim.
Pois cuidar de uma casa é um trabalho ingrato e sem reconhecimento. Hunf!

Ps.: Sim, é um post dramático. Ora essa.

58 comentários:

Amanda disse...

Eu sou péssima para cortar qualquer coisa! Ou demoro demais, ou corto muito pequeno/grande. Meus filhos viverão na base do macarrão o/

Cecília Borges disse...

Não divido o mesmo pavor, Nathália!!
Amo cozinhar e já sou casadinha. Então se eu não me acostumasse com alguns afazeres domésticos, eu e ele estaríamos perdidos! Mas, é claro, em primeiro lugar vem a manicure e a depiladora. É regra.
rs!
Um beijo!

Ana Carolina Braga disse...

Lindinha, obrigada pela dica! Não conhecia "Polyphonic Spree"! Thanks!

Oh, que dia, hein?
Aqui em casa é ao contrário, minha mãe não sabe nem fazer um arroz quase e eu até que nasci com algumas habilidades culinárias! =P Menos cortar batata! Aff, vai metade da batata junto com as cascas... sou um desastre nisso! =)

Hummm, carta...eu adoro cartas... é uma prática antiga, mas como eu me sinto uma garota "velha" ainda escrevo cartas e visistos quase sempre os correios!

Melhoras pra sua mamãe ..

Bjs!

matheuss disse...

=p
que ódio de mim
a)feliz aniversário guria.(compreum daqueles bolinhos da bauduco minúsculos e finja que eu te dei, reembolso por e-mail =*)
b)sou péssimo na cozinha, mas se não fosse jornalismo, seria culinária (se existir faculdade disso, mas deve existir né? se tem gente que ainda casa nesse mundo sabendo que vai se divorciar no dia seguinte, deve existir faculdade para comida, ou não. bahh).
c)sim, este é um comentário imenso por que faz tempo que eu não passo por aqui. nem dormi pensando nas besteiras (que eu adoro ler) que você devia ter escrito, e eu fiquei sem ler.
d)filho de 4 anos, deve ser a pior fase do ser humano - a infância' (esquece, tem a adolescência =~)
*esse foi o post até agora que mais me lembrou a minha amiga que morreu*
ahh, e sobre a saudade...eu também sofro do mal de ter saudade de coisas que não aconteceram. minha psicóloga diz que é...*esqueci* mas é idiotice, ok?
o legal é transformar o seu presente naquilo que a sua alma precisa, por que saudade acaba com agente, né?
bju melado de de bolo**
=)

Janete Andrade disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ;D
ISAAAURAAA! :)
por isso que nem me envolvo, mãe é tudim igual vc vai fazer uma coisinha elas acham bom e te escraviza... =p
bem e mesmo que minha mãe tentasse isso ela desistiria em seguida porque num sei fazer naa.daa! ~.^
sou um desastre na cozinha, não sei nem fritar um ovo, HOHO :}

bjão ;*

Janete Andrade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo Soares disse...

trabalho ingratíssimo cuidar de casa...nem me fale...quanto a uma observação que vc fez no blog do angelo tenho a dier o seguinte :
vc queria ter vivido os anos 70... eu os vivi, menino e adolescente mas queria viver na são paulo dos anos 20 epoca do modernismo, epoca em que a cidade era mais bonita e inquieta culturalmente... percebe como nunca estamos felizes ??hehe
kisses

Estava Perdida no Mar disse...

Nossa, depois desta comecei a ficar apaixonada pela minha mãe. Ela jamais me colocaria para cozinhar, nem q tivesse tido um ataque do coração. E olha que faço um feijão maravilhoso...Rs...
Ah, vc sabe fazer feijão verde? Nem sei. E adoro Maxixe...a dança, o legume...tudo. Adoro.
Beijos

Bill disse...

Hehehe!!!!! Tua mãe é bem ixperta, hein?
Mas trabalho caseiro é assim mesmo, como você tão bem descreveu: ingrato e sem reconhecimento! Agora, basta ficar apenas UM dia sem almoço pro pessoal perceber que "alguém" tinha que ir pra cozinha hahaha!!!
E você entendeu também porque eu gostaria que você não "vegetasse" em casa? Com um humor desse, com um talento desse....Divide teu tempo entre a cozinha e a redação, por que não??
Já sabe agora o que é um "frila"?
Bjoooooooooosssssssss!!!!!!!

Ana Laura disse...

hahahahahahahah! Só você pra me matar de rir enquanto espero furiosa pelo meu pai. hahahahha


Mãe não pode quebrar as mãos, NUNCA!
Faço orações diárias pela saúde da minha mãe.


Beeijo.

Dama de Cinzas disse...

Odeeeeeio cozinhar! Vendo minha alma na esquina pra não entrar na cozinha. Pior é que sei cozinhar e até fica boa a comida, mas eu me recuso. Vou ao restaurante de segundo a sábado. Só domingo é que faço aqueles pratos que já se compram qiase prontos no mercado... ahaha...

Ainda bem que minha mãe nunca me chantageou para eu ir para a cozinha. Esse sempre foi um território que ela reinou absoluta. Geralmente a limpeza da casa ficava comigo!

Beijos

Cacá BH disse...

kkkkkkkkkkkkkk
nussa, dei boas risadas aqui.. porque fico imaginando se fosse comigo, sabe...
e engraçado que justo hj que vc icou na labuta doméstica, ainda recebe essa mensagem da amiga...
Cuidado, sonhos costumam ser avisos... kkkkkkkkk tô brincando...

P.S:Tem tarefa pra vc lá no Mundo Cão, espero que participe!!!

Geminiana Doce disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Que drama Nath!!Sua mãe está precsiando de vc...rsrs
E quanto aos móveis antigos,se voc~e viesse na minha ciadde ia pirar...Aqui parece que o tempo parou...é tdo lindo....
Bjos e luz

Juliana Caribé disse...

É sem reconhecimento mesmo. Mas eu te digo: quando a casa for sua, e não da sua mãe, você vai sentir um imenso prazer em fazer todos esses trabalhinhos domésticos...

Beijocas.

Mariana disse...

eu nao costumo fazer serviços de casa..
mas é porq eu tenho uma faculdade que me protege, ela é integral.. hahaha

sabe de um coisa? Cariocas tem um jeito mto peculiar de falar e escrever...

e eu gosto.. hahaha

beijos flor..

Junkie careta disse...

Era esperar demais...Pena que vc não cozinha...ia ficar super-bem na sua biografia, imagina:

Nathalia, 18 anos, adora literatura e boa música,venera Clarice Lispector, Analista de sistemas da IBM, cozinheira de mão cheia...

Acho lindo, parece coisa de alquimista,fora que é um charme.Já fiz dois cursos lonnnng agooooo, mas, continuo um desastre. Mães...elas são seres extraterrestres... Não passa um dia da minha vida que não sinta falta da minha.
Em último caso, Delivery nela!

Bj

Ciça. disse...

As mães não podem ver uma oportunidade de nos escravizarem que já aproveeeeitam. haeuaehaeueah.



:*

Letícia disse...

hauehueaheuaeh *ri muito com seu texto*

Ok, confesso que procurei no google o que era maxixe! :D

Ei, me responde uma coisa, eu sou nova no blog e tal: como faz pra colocar esse human calendar???

fico grata se responder


Beiiiiiiiijos :*

Emy disse...

mães são más e aproveitadoras!
muahahaha

Letícia Perini disse...

eu sou muito ruim em cortar alimentos, cozinha tbm não combina comigo, hasuahushau

depois de fazer tanto serviço, é tão bom tirar um tempo pra cuidar da gente, né?! ;D

teu blog é muito simpático ^^ vo add nos meus links ta!?

beijo ;*

Renatinha disse...

Ah não...! Você cometeu o erro de dizer pra sua mãe que ajudaria no que ela quizesse! Nãããão!

Mas se livrou, fazendo tudo de forma lerda e errada (na cabeça dela, claro!)... sempre que ela te pedir algo faça o mais errado possível, pareça extremamente monga, faça ela cogitar uma doença mental...! Aposto que ela nunca mais te pede nada...!

Nina disse...

Somos duas!!! Não sei fazer nadaaa e detesto essas coisas... não levo o menor jeito!!!

Alice D. disse...

de fato é um trabalho ingrato.
sua mãe foi no médico?
a mão dela ta bem?
vou procurar sobre maxixes

Lígia Carvalho disse...

Ai que texto gostoso!
Adorei!
Gosto de cozinhar, mas só qndo me da na loUca...
To trabalhando :((((
Estudando :(((
Pouco tempo pro blog :((((

Não estranhe :((((

Bjs

Li Barreto e J Paulo disse...

Menina, eu quem diga! Eu moro sozinha e sei o quanto é terrível faxinar e cozinhar, principalmente pq trabalho e estudo o dia todo. Nooosa, que vida de cão! Mas eu sou feliz, pois não tenho ninguém me dando ordens, eu faço minhas tarefas a hora q eu quiser e do jeito q eu quiser. Ahhh...desabafei!
BEIJOS FIA!

LI BARRETÍSSIMA

another.juh disse...

eu muito que morri de rir com seu blog
ISHAIOSAHIOSAHIOSAH

bjos guria :*

Tamara disse...

KKKKKKKKKKKKK
Nathy..fecho com vc!
Fazer comida eh muito chato....
Ah... a minha mes tb eh muitissimo espaçosa...a unica diferença eh que ela tb nao sabe conzinhar porra nenhuma....

KKKKKKKKKKKk

Bjos linda!

.a negra. disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

adorei seu melodrama!
:)


tô te linkando!
=*

Marcelo Martins disse...

hehehe...Ah, eu amo cozinhar. Pra mim é uma terapia, um hobby.
Adoro aquela alquimia dos alimentos, dos temperos e todas as suas possibilidades infinitas.
Essa do correio foi a melhor do dia hahaha "Túnel do tempo"? hahahaha.
Cara, o seu humor e a leveza com que escreve é simplesmente notável.
E não é rasgação de seda não.
Seu talento e a fluência com que narra suas coisas é admirável.
Cara, parabéns de verdade.
Por essas e outras você é mesmo a dona fofis =)

Beijin

Luc's. disse...

Nossa! sua mãe é boazinha de mais. Não usou chicote nem nada assim? Foram só essas ordens aí meia-boca?

Mesmo com a voz do diabo, sua mãe vai pro céu.

kkkk, bjo
Lucas

Flavinha disse...

Mulé, essa noite eu sonhei que tava casando. De repente tava na cama, mas com o homem errado! imagina só... sonhar que casou com o homem errado é ainda pior que sonhar que se tem um baby de 4 anos...

Minha mãe vive aprontando dessas comigo. E o almoço sempre vem incluido no "pacote Isaura". A diferença é que, ao invés dos maxixes, eu sempre tenho que tratar o frango, ou cortar limão pra alguma coisa. Passo o dia me sentindo uma galinha cítrica.

Adorei o post dramático (rs).

Beijo!

Pavón disse...

Depois de "depilar" os maxixe, nada melhor doq se depilar.....
Hehehehehe!!!

Beijoo!!

Junkie careta disse...

Cozinha?
Foi confirmada minha teoria...

TOOP disse...

terrivel sua mãedrasta!!!

ótima!
;)

letícia bersot disse...

Não foi possível analisar o seu modelo, pois sua formatação é inadequada. Certifique-se de que todos os elementos XML estão fechados adequadamente.

._. apareceu isso na hora que eu fui colocar o código...

__
Liga não, eu também tenho uns dias de escrava isaura.
x_x é uma tortura

Raquel disse...

Minha querida escrava Isaura! Queridinha! Amiga de infância!
Beijo!

Lorita disse...

Não sei quem é mais dramática, vc ou tua mãe! rs...
Com certeza é genética isso viu?
Mas e o almoço, ficou comível? hehehehe

bjooooooooooo

WILLIAM (Penso, Logo Escrevo...) disse...

Gostei muito do seu blog.
É bom escontrar pessoas que tem conteúdo e escrevem algo que vale a pena ler.
Abraço e parabens...

Flá Costa * disse...

eu também não sou muito fã de limpeza de casa! não me entenda mal - adoro tudo limpo como um brinco, mas que os outros façam por mim.

sei lá, não nasci pra isso.
pelo menos ainda né?
rs

beeeijo

Anônimo disse...

Tadinha *-*

Aju disse...

hahahahahahha

Depois que me mudei pra recife tive q aprender a andar mais na cozinha embora eu nao goste :P

Bjos

Paulo R Diesel disse...

O que é isso guria. Tá muito cedo. E nada de contribuir com a fome e a miséria do povo pondo mais crianças neste mundo.

Mãe é mãe, sempre dá pra ajudar um pouco. Eu disse um pouco.

Beijo Nathália.

Nataliinha disse...

Mãe qd faz drama ...
SAI DE BAIXO !
A minha ADORA um !
Pensei q fosse meu privilegio ...
Reclama q faço as coisas devagar !
Mas não é devagar, só não sou no mesmo ritmo dela ue !!

Mas eu ri c. a sua situação

Bjs xará !

Roberto Sena disse...

Essa mulher é pra casar mesmo! um abraço amiga!

www.blogdosirmaos.com
www.sampameulugar.wordpress.com

Lilah disse...

nossaa!
que blog legal!

me diverti lendo esse texto!
como as mães são parecidas,são poucas vezes que eu pergunto"mãe ta precisando de alguma coisa?"
ela sempre pede antes mesmo!


xD

beijoo

Niseloka disse...

mãe se aproveita do título que tem....

4rthur disse...

tem certeza que era sua mãe mesmo, e não um senhor feudal disfarçado? ehehehehehe

correios... há quanto tempo não uso esse serviço...

Mariana disse...

Seu blog está super popular!!!!!!!!
Parabens!!!!!!! vc merece!!!

Obrigada pelo comentário e pelos votos de sorte!!

venho te ler sempre que possivel...
e escreverei sempre que possivel..

beijos!

Wev's disse...

Cozinhar é tão bom...
Aproveite a oportunidade que sua coroa te da
Porque esses ensinamentos são para sempre..
experimente fazer frango recheado..

Bárbara disse...

Cara sua mãe é uma cópia da minha,nossa,incrível
Eu faço os negócios com a mais boa intenção e ela sempre acha ruim
oO
Que bom que não sou a única que também tem uma mãe louca.
Adorei seu blog,vou voltar ;)
Bjos *_*

Sales_Root disse...

Você me ensinou como fazer uma esposa super feliz... dá um cortador de legumes de presente! heheh
brincadeira, machismo a parte neh!
Abraços

Narradora disse...

Nossa, quanto serviço...rs
E pra completar a tortura depilação, credo, o resultado é bom, mas o caminho...ai
Bjs

Lih disse...

olha soh!! ela mudou a foto do perfil!!!...rs

bjo bjo!!!!

Letícia Perini disse...

Muito Obrigada pelas dicas!

beijos

Letícia Perini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andréia disse...

mãe sofre...rs elas tem direito de explorar os filhos de vez enquando..rsrs

raquel disse...

Mariana disse...

Seu blog está super popular!!!!!!!! Parabens!!!!!!! vc merece!!!

Parabéns não, cara! Parabéns não! Isso é mór MERDA, sacou? Tudo bem que a lorão tem talento pras coisas da vida, da escrita e tudo mais, mas e eu? Fico toda constrangidinha de comentar. Humpf.

Mary West disse...

Descobri que maxixe tem pelinhos e que mães são pequenas ditadoras. Cada dia aprendo mais lendo seu blog e melhoras p/ tia aí! ;)

Postar um comentário

Fique a vontade para deixar sua opinião, mas seja civilizado.