terça-feira, 9 de junho de 2009

Quebrando promessas.

1ª promessa quebrada: Eu disse no post abaixo que a próxima publicação seria dedicada aos selos e tarefinhas a mim oferecidos, mas tô precisando desabafar. Daí deixei os selos pra próxima. Claro que não vou dar minha palavra e nem jurar de pés juntos, porque é bem capaz d'eu quebrar a promessa de novo e, sei lá, falar do russo que achou que ter um pênis era muito last season e resolveu colocar um bambu logo abaixo da cintura. Hahaha. Homens... Quando chegam aos quartoze anos o cérebro não só para de crescer como também cristaliza (malz aê, rapaziada).

2ª promessa quebrada: Eu prometi para mim mesma que nunca, NUNCA faria uma publicação mulherzinha. Mulherzinha no sentido TPM, hormônios loucos das calcinhas, ninguém me ama ninguém me quer e etc.
Mas assim, tá ficando insustentável. E o blog é meu, né? Então se eu quiser falar sobre a vida sofrida das cochonilhas, sem problemas, né?
E o post vai ser grande. E quando digo grande me refiro ao tamanho do pênis do russo quero dizer menos cinco anos de vida útil para seus olhos.
Então senta que lá vem mimimi.

Reza a lenda que quando uma mulher quer dar uma controlada na tpm, uma das alternativas é o uso do anticoncepcional.
Sendo que eu nunca tive tpm, no entanto precisei começar a usar este milagre da ciência por motivos de força maior, hihihi.
Desde então, toda vez que a cartela do anticoncepcional acaba, eu me transformo na Donatela e fico chorando pelos cantos, por qualquer bobagem.

Resumindo, é algo mais ou menos assim:
Cartela em uso: Uma psicopata que só pensa em torturar pessoas inocentes (mentira).
Cartela acaba: Eu ganho um coração.

Ontem, segunda-feira, foi o pior dia. Pelo menos até agora.
Vou contar os fatos mais vergonhosos porque, né... Rir da cara da dona do blog é sempre bom.

Por exemplo, ontem meu namorado veio aqui em casa depois do trabalho, mesmo cansado e acabado - porque trabalho como dignificador do homem é o méocool - SÓ pra me trazer uma barra de chocolate.
Fagocitei o chocolate como se não houvesse amanhã e fiquei feliz. Minutos depois, enquanto conversávamos, o ataque dos hormônios (ou da maluquice, vai saber) aconteceu:

- Acho que amanhã, depois do trabalho, vou na casa do Pedro, pro aniversário dele.
- Hmm...
- Tsc, mas eu tô tão cansado...
- Ué, então não vai...
- Mas aí já vai ser o terceiro aniversário dele que eu não vou. Os outros dois eu não fui por sua causa.
- Que?
- É... Lembra não? Ele faz aniversário dia nove, mas nos dois últimos ele fez a festa dia dez, que é dia do nosso aniversário de namoro.
- Olha aqui, eu não te obriguei a ficar comigo no dia dez. Inclusive eu disse que se você quisesse ir você podia! (com os olhos marejados e a voz falhada)
- Não, amor... Não tô dizendo que você me obrigou. Eu escolhi ficar com você dia dez porque é o nosso dia. Não tô colocando culpa nenhuma em você.
- Mas pareceu. (com olhos ainda marejados, a voz falhada e direito a biquinho)
- ...
- Ah, eu tô carente, poxa.


Sem comentários.

Pior foi quando minha mãe me chamou pra ir deitar na cama com ela e eu disse não.
Um tempinho depois eu me senti um monstro e decidi ir lá um pouquinho. Só que como a casa está em obra e isso é sinônimo de bagunça, ela estava deitada num cantinho da casa. Procurei e não achei.
Daí, umas horas depois, quando ela renasceu das cinzas como a fênix reapareceu, me disse:

- Tô sem sono... Dormi o dia inteiro.
- Como você conseguiu dormir o dia inteiro se a casa tá toda revirada e não tem espaço nem pra gente pensar?
- Eu fui pro meu quarto, limpei o chão e me joguei no cantinho, viu não?
- Ah, aquela trouxa era você?
- Hahaha, era!
- Que incrível.

Milésimos de segundo depois eu me senti tão, mas TÃO mal por ter chamado minha mãe de "aquela trouxa" que meus olhos encheram de lágrimas DE NOVO.

Isso sem contar que, lá por volta de meia noite e quinze, eu estava assistindo esse vídeo aqui e desatei a chorar. Até um leão eu quis ter.

Güento não, minha gente. Güento não... É muito espírito de mocinha de novela mexicana pra uma pessoa só.
Eu não só cheguei ao fundo do poço como continuo cavando, porque não, eu não me contento com a crosta. Minha meta é chegar ao núcleo interno (para os que sempre ficaram abaixo da média em geografia, auxílio visual).
Eu tô tão carente, tão tão tão, que tô pensando até em me anunciar no Mercado Livre.

Tirem esse emo de miiiiiiiim!

49 comentários:

Marina Melow - Papo Contemporâneo disse...

Pare de tomar remédio!
Hhauheauehaue!
Brincadeirinha...

Ainda bem que nem tenho essas coias... :D

...por enquanto.


hahahaha!

beijos:*

Paulo disse...

Acho que é carência de dia dos namorados.

Dia 12 tudo passa. Um celular (que tu quase não usas) um calçados (preferes tênis?) um cd (tá pode usar as da rádio) um livro, bonbons.
Ou quem sabe, já que a casa tá em obras, uma fugidinha prum motel...

Adeus TPM
Tudo resolvido.

Beijo Nathália

disse...

Probelmas femininos. Ou a sessão melancolia ou então bebê indesejado vc escolhe!
Beijos gata.

  disse...

se transformar em donatela foi ótimo, hahaha.. agora seria se transformar num Tarso, não ? :p

Talita Prates disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Até seu lamento-pós-anticoncepcional é genial, Nath! huahauhauah.
Bom, eu tenho tpm. Viro uma quase-nazaré um dia ou dois antes da menstru (palavra feia, né). Esses dias quase atropelei uma pré-adolescente numa esquina (ela merecia. :S). Ainda bem que ainda tenho superego.
Mas... antes carente que grávida!
:)
Bjuuu!

Bertonie disse...

HAHAHA'
Meu, fica assim não!
Mas olha, se eu fosse o teu namorado -q eu ficaria irritado sim. Porque aniversário de namoro é aniversário de namoro, e por mais que o lado fêmea da relação não aparente preocupação com a comemoração no dia exacto do aniversário, sempre fica aquela pontinha de mágoa...
risusmil




beigos mil

Fernanda disse...

tadinho do seu namorado...
adorei teu texto^^
quase chorei aqui^^

GaB. disse...

Ai guriaaa!
que horror!
Eu to tremendamente uma Maria do bairro por causa da tpm.
e pra pior minha situação, dia dos namorados chegando..e eu to sozinha!!
Dios mio, como suefro.

haha.
Beijos! :}

Menina Nina disse...

Na minha tpm eu fico brava e brigo com meu namorado... ele sempre percebe que estou de tpm antes que eu note... ai que saudade dos meus remedinhos de cartelinha!! Inventei de tomar injeção e vivo praticamente o mes todo de tpm... não sei mais quando é a tpm... VE QUE ABSURDOOO???? COMO VOU PODER BRIGAR COM O MUNDO TODO E COLOCAR A CULPA NA TPM AGORA?????????

Ricardo Chicuta. disse...

Peraí,quer dizer que toda vez que minha namorada me dá uma patada totalmente sem sentido é por causa do anticoncepcional?Olha...vou esconder aquele maldito...

Ricardo Chicuta. disse...

Ah,sinto muito,mas vou te linkar lá no meu blog pra poder te seguir direito,assim quando tiver post novo eu já vejo.Gostei do teu jeito de escrever.
:)

M. disse...

Eu não tenho TPM nem essas crises hormonais..mas ultimamente eu ando meio emo por conta de uma coisa mto feia que fiz com alguém que gosto mto.
Isso tá tirando o meu sono de forma cruel. De presente de aniver, que acontece dia 11, eu pedi coragem para conversar com essa pessoa e tentar explicar os meus mitivos..que diga-se de passagem..não são válidos. :(

Bom, desejo-lhe melhoras e que aquele sorriso e simpatia logo volte a brilhar.

Bjosssssssssssss.

Ricardo Chicuta. disse...

Eu sabia que essa do Chiclete do Fofão ainda ia me trazer muitas alegrias.Até conquistei alguém.Como assim não conquistei?Ah bom foi o Fofão,ou o chiclete...droga...

Vi-Viane disse...

Oi, Nath!
Oh, ganhei um selinho e te indiquei pra receber, pois adoro seu blog. Sei que cê tem vários outros aí, mas se quiser passa lá pra pegar.

Ri deveras com seu post.
Acho que também tem um emo em mim... rs

BeijO*

J. disse...

Meo Deos, desconheço! Bj!

Nat ♥ disse...

Eu me senti uma emo, viadinha, fresca e tudo o mais (sem ofensas aos emos e gays). Já viu que eu só reclamo no meu blog? Acho digno! HSIUAHUSIAH
E eu precisei rir de vc chamando sua mãe de "aquela trouxa" e brigando com seu namorado. XD
depois que eu comecei a tomar anti eu tbm tenho essas crises de tpm. Imagine vc, uma pessoa como eu, que ja eh estranha naturalmente, com ypm. Enfim...
Não se anuncie no mercado livre, acredito que seu namorado não vai gostar. HSIUAHISUHAIUSA
E, tenha peciência... são só 7/8 dias. E, coma bastante chocolate. ajuda mesmo! *-* hsuaihsa

:*

raai. disse...

e olha que o meu namorado ainda tem coragem de dizer que eu sou cheia de mimimi. Meu deus, Nati, você se superou.

haha e o meu post foi sobre isso
;~
;*

Kira! disse...

Bom, eu to assim desde que engravidei, me sinto muito mocinha e é horrivel. ahuahauah

D. Sant'Anna disse...

Post grande, comentário grande.

Que vídeo sensacional! Meu coração caiu no chão, virou pó e foi embora com uma brisa pra cada cantinho do mundo AUEHAUEH! (isso sim foi emo).
Mas teve um motivo, lembrei do trigo e ele morreu esses dias. Anyway.

Regras foram feitas para se quebrar, promessas não deveriam existir, anyway novamente.

Sobre a mãe e o namorado, bom, não vou comentar muito sobre isso, apenas que eu sempre evitei brigar com mãe e namorada. Depois quando paro pra pensar acabo me ferindo por dentro, coisa de pisciano, sabe?

Erro do sistema? Sorte a sua, qualquer coisa que seja "parte do sistema" ou mesmo "acerto do sistema" é de certa forma, abominável. Não sou Anarquista nem Socialista, apenas indico uma leitura:

O Vendedor de Sonhos

PS: Obg pelo comentário. E depende, nem sempre é entendiante, em movimento, meu mundo tornar-se uma aventura fascinante (e de rimas pobres, é claro).

Beijo.

D. Sant'Anna disse...

PS: Uma dica para sorrir. Observe as nuvens e comece a dar formas pra ela. Acho que todo mundo já fez isso, mas hoje em dia as pessoas estão com tantos "excessos" que esqueceram disso, assim como esqueceram de sorrir. Uma coisa leva a outra.

Boa sorte com os sorrisos.

Dama de Cinzas disse...

Com a raiva que eu to do mundo só um texto seu pra me fazer rir... e olha que pouca coisa tá me fazendo rir, a não ser que eu deixe a tal entidade "Dama Feliz" baixar em mim... mas aí não sou eu é a entidade... eheheh

Mas sério... Seus textos são demais Nathália! Vc tem um talento para o humor, que escrevendo sobre um enterro a coisa fica engraçada...

Quanto a estar sensível tenho essas fases tb, e pior que muitas vezes eu nem tenho uma pílula pra culpar... rs

Eu te vi on line ontem quando fui desligar o PC, mas tava me sentindo tão abduzida que nem consegui falar oi... ehehe...Com certeza uma hora dessas nós duas vamos nos encontrar com tempo pra papear...

Beijocas

Ricelly Gama disse...

- Ah, eu tô carente, poxa.

Quase não consigo terminar de ler depois que te imaginei (q) falando isso *0* HASHEUIHASUIEHUIHAIUE' hilário

mas relaxa isso passa (?)

bjs :*

Jana disse...

Deus do ceu, mas que tpm mais insistenteeeee!!! Uiii, saiiiiiiiiii! Odeio me sentir assim, a gente parece tao mulherzinha fragil que da ate raiva. Aih a gente chora ainda mais porque ta' com raiva porque nao consegue ser forte e controlar as lagrimas.

Foi mau o post la no blog hahaha Se soubesse que te "ajudaria" com esses sentimentos todos, teria te bloqueado pra vc nao poder ler nada que te fizesse mais derretida ainda...

Melhorasssss!! =*

Salve Jorge disse...

Salve Dona das promessas quebradas
E das lágrimas derramadas
Ante tantas sensações afloradas
Nessa época em que o anti-imprevistos acaba
Mesmo quem de auto-controle se gaba
Vê a vontade ser obliterada
As emoções aflorarem
Mesmo você gritando "parem!"
Elas fogem pelo ladrão
Sem nem ao menos ligarem
Pra sua delicada situação
Em rompantes de mexicana
Desencana
Afinal quem quer beber da sua graça insana
Tem que aguentar do riso ao enjôo
Do tombo ao vôo
E até você gritando alguns dias
"Maria do Bairro eu sou.."
Imitando a Thalia...

P.s - Minha casa também está em obra.. antes eu achava que o inferno era um grande banco (no caso BRB, que é um banco dos funcionários do Governo do Distrito Federal, caso do pobre professor que fala aqui).. mas agora eu acho que é um grande banco em obras..

P.s 2 - Qual é o lance inicial? Posso fazer já um lance?..

Thaís - MissLexotan6mg disse...

é, essa coisa meio sentimental e emo é uma tendência que as vezes se manifesta no nosso 'eu interior'. Qualquer coisa é motivo de chororô e drama mexicano. Já passei por isso, algumas vezes.

Mariana disse...

Eu achei uma coisa tão fofa vcê comentando sobre seu momento emotivo... ~~

E eu adorei o novo layout. eu ando meio ausente de blogs, mas sempre que posso passo por aqui.

Beijo grande fofa!

beijos

Layana. disse...

AISUDHASIUDIASUIDHASH!
desculpa rir, mas rir da cara da dona do blog é sempre bom não?
ASIUDAISDIHAS, poxa o legal é que eu sou exatamente assim na TPM, falta espaço praa tanto drama, isso quando eu não quero bater em todo mundo...
Mas isso faz parte da vida de ser melhor, e ainda bem que você tem todos esses "ouvintes" pra te acolher.. mas acho que depois do dia 12 tuudo passa. x)
Boa sorte ;*

Gi Moreira disse...

HAHAHHA! Po, eu ficava assim antes de começar a tomar a pílula! Desde os 19 anos eu tomo Minesse e nunca mais tive TPM. Qdo fico implicando com coisas do meu namorado é pq é do meu gênio msm, e nao pq a cartela acabou, hiahiu! BJS

Francisco disse...

Eu já avisei!
Fagocita um bom pedaço de bolo com Nutella, que tudo isso passa!! Rsrsrsrsrsrsrs
Um beijão!

Natalia disse...

O mundo está sofrendo com essa TPM.
Noooossa.
Eu tbm ando assim, toda emo. =/
To até ansiosa para ir pra casa no feriado ;)
hsoiasoahsi

Vamos curtir a tristeza, daqui a pouco estamos de boa =)

Karen disse...

AEHAUOEHAEHUIHAEUIHAOHAUIE
Parece até que fui eu que escrevi esse post ¬¬'
AOHUAEHUHAUOIAE

adorei, vou seguir, viu :*

T disse...

Eu te entendo perfeitamente, e também ABOMINO (perceba que eu tentei dar um ar mais forte do que odiar) ficar assim. Me sinto uma mole, uma esquisita, quero tp, me matar.Enfim, pede pro seu namorado e parentes te aguentarem uns dias porque isso é normal, porque acredito que eles sofrem igual a gente. hahaha
Sabicomoé eu fico insuportavel. :\

ps: lindo o novo visual do blogger.

bjs

Sofia disse...

Tem selinho lá no blog pros 20 primeiros que comentarem. É o prêmio lemniscata , se você não tiver ainda tenta passar lá.
http://pirulito-no-palito.blogspot.com/
:**

' isaa * disse...

ai, é assim mesmo.
a gente sofre com esse negocio de tpm.

ah, mas fazer o que neah ?

haaha

beijos !

S. Mupsi disse...

Ahauahua

TPM é foda, realmente..

Mas é a vida... Infelizmente demora pra passar.

Mas passa. ^^

Bju

Monique Frebell disse...

Ahh Naty, tadinha da sua mãe, chamou a dona de trouxa... Até eu me sentiria mal... a gente tem que aproveitar esses momentos de carência afetiva pra botar pra fora toda a nossa necessidade, isso não é nenhuma vergonha, deitar na cama da mãe, ceder as vezes ao amor, chorar vendo vídeo, filme, novela, o que for... isso é bom, é legal!
Eu sei que lá no fundo vc sente falta disso, ainda que não demonstre. Todo mundo sente, é normal. Fomos feitos pra receber e retribuir o carinho dos amigos e da família.

Um Beijo Naty!
Te adoro, menina!

Junkie careta disse...

Meu Deus!
Até ler os comentários, eu achava que se tratava da tradicional e famigerada TPM, mas aí vi
que não. ISSO QUER DIZER QUE HÁ UMA OUTRO MOMENTO NO UNIVERSO FEMININO ONDE O INCOMPREENSÍVEL É A LEI?
Medo...muito medo..

Narradora disse...

Emo, sai desse corpo que ele não te pertence....rsrsrsrs
Bjs

Ludmila Melgaço disse...

hahah sensacional!

(todas nós temos que assumir o lado mulherzinha de vez em quando né?)

disse...

haha... guria te adorei, dei muitas risadas... :P
Bjs

Lais disse...

Ain olha analisando os fatos sua vida esta uma novela mexicana, mais tenha calma que o emo vai emboraa! Beijoos ;*

Felipe Braga disse...

Olá... gostei muito do teu blog, do teu texto. Voltarei mais vezes.
Também ando um pouco carente, deve ser o dia dos namorados.
beijos

Ana Paula disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
q máximo moça!=)

Anna disse...

eu não posso nem rir disso porque sou tão gay cara, choro por tudo, tudo mesmo! bem vinda ao mundo mulherzinha
beijos

Bill Falcão disse...

Também chorei com o vídeo do leão!
E sempre pensei que um poço não tem fundo!
Bjooooooo!!!!!!!!!

LP disse...

Não tinha conseguido ler este post... mas cá estou!

Não tenho mto o q dizer pq o post tah irreparável!
Para variar, a dose certa entre inteligência, sensibilidade, senso de humor e realidade.... meu DEUS como vc escreve MUITO né dona emo...opa... Nathália ehehe adorei!
Parabéns sempre pelos teus textos!^^

Desabafando disse...

Te entendo perfeitamente...tem épocas em que tb fico com tpm atacada aí pareço um ser irracional...rsrsrsrs...choro a toa, brigo a toa. Malditos hormônios não?

Thais Reis disse...

Ah kkkkkkkkk
Adorei o texto.
Ph todo mundo fica carente de vez enquanto.
Tem vezes que eu não me aguento de tão emo que eu fico.
.Todas vez que vejo meus amigos ou minha família eu abraço.
Fico andando de casaco preto pela casa,mesmo quando lá fora tá um calor dos infernos.
Resumindo todo mundo tem um lado carente,não adianta negae...
Bjos

Gisa disse...

Meodeos... até que enfim mais uma azarada que na TPM chora como criancinha ao invés de xingar todo mundo. Tava me sentindo sozinha no universo. Nesses momentos de TPM, eu sempre choro e me pergunto: Por que não posso ser como as outras mulheres, que na TPM simplesmente mandam o resto do mundo para a puta que pariu??
Aff... a gente não merece!

Postar um comentário

Fique a vontade para deixar sua opinião, mas seja civilizado.